FERNANDO PRESTES 2001-2017
Fernando Prestes ganha milhares de árvores em sua área urbana

Publicado em 16/03/2018 as 9h

Fernando Prestes ganha milhares de árvores em sua área urbana

FInal da Avenida Mendes

Fernando Prestes ganha milhares de árvores em sua área urbana

Outra área que recebeu mudas no final da Avenida Mendes

Fernando Prestes ganha milhares de árvores em sua área urbana

Área no Jardim Luchetti que recebeu mudas

Fernando Prestes ganha milhares de árvores em sua área urbana

Muitas mudas foram plantadas numa área nas proximidades do Centro de Lazer "Zerttino Baesso"

Fernando Prestes ganha milhares de árvores em sua área urbana

O bairro Jardim Luchetti 2 também recebeu mudas nativas

A Prefeitura Municipal de Fernando Prestes está realizando o plantio de milhares de mudas de árvores na área urbana da cidade. Desde o início deste ano de 2018 foram plantadas 4435 mudas de árvores nativas em diversos locais proporcionando um ambiente mais saudável e ecologicamente correto.

 

As mudas foram plantadas em áreas verdes nos bairros Jardim Luchetti (1.000), Final da Avenida Mendes (1.100), Jardim Europa (335), Jardim Luchetti 2 (600) e proximidades do Centro de Lazer “Zertino Baesso”  (1.400).

 

As variedades de árvores que preencheram estes espaços foram: jacarandá, ipe roxo e amarelo, pata de vaca, angico, ingá, perobinha, canelinha e araçá.

 

Porque plantar uma Árvore ?

Árvore, uma verdadeira máquina complexa e silenciosa.

Cada ser vivo tem seu lugar na natureza e realiza muitas tarefas. As árvores são muito importantes tanto para nossas vidas como para o equilíbrio da natureza.

Diariamente, uma árvore com 13 metros de altura absorve cerca de 250 litros de nutrientes que são dissolvidos no solo, transportando-os até o mais alto de suas folhas; as folhas por sua vez, absorvem o gás carbônico (Co2), matéria bruta para a transformação dos sais minerais em carboidratos e a luz do sol, da qual todo o sistema da árvore depende para se desenvolver; este processo chama-se Fotossíntese: foto: luz, e síntese: colocar junto. 

Durante esse processo uma árvore de porte médio libera aproximadamente 2 metros cúbicos de oxigênio puro. 

As raízes são os órgãos de alimentação, fixação e sustentação. Todas as plantas funcionam como fabricas de matéria orgânica e produzem alimento para quase todos os animais sob a forma de raízes, folhas, flores, frutos e sementes. 

Calcula-se que uma árvore de porte médio transpira o equivalente a 60 litros d'água por dia, a umidade escapa pelas folhas na forma de vapor d'água e fica espalhada no ar, sendo que esse vapor se mistura com as partículas de poeiras que flutuam no ar ficando cada vez mais pesadas devido ao acúmulo e caem ao chão.

 

As árvores são eficientes removedoras de poeiras nas ruas. Uma pesquisa feita na Alemanha demonstrou que o teor de partículas de poeira em ruas arborizadas é de apenas 25% em relação às não arborizadas.

As grandes quantidades de vapor de água liberadas pelas árvores ajudam a controlar o clima da região. 

Por isto, as árvores podem refrescar muito uma rua, um bairro, uma cidade e uma nação. Uma árvore de porte médio tem o mesmo poder de resfriamento de quatro maquinas de ar condicionado. 

Assim como ocorre com as ondas de calor, também as ondas sonoras têm sua energia freada, quando se chocam com a barreira das árvores, ao bater nas folhas o som é em parte absorvido, e parte desviado de seu curso, tornando-se menos intenso ou sendo inteiramente eliminado. 

De suas folhas, raízes e frutos extrai-se óleos e substâncias medicinais para fabricação de remédios, alimentando outras indústrias como a fabricação de produtos para melhorar a estética das pessoas (cosméticos).

Sua beleza, uma árvore é sempre bonita, o verde de suas folhas nos acalma, como é bom encontrar uma árvore quando o dia está muito quente e sol forte.

A copa das árvores quebra o impacto das gotas de chuvas e ao mesmo tempo, o solo fica coberto por uma camada de folhas e galhos secos que caem das árvores formando um excelente adubo orgânico, sendo que essa camada que se forma por cima do solo funciona como uma esponja que absorve a água que cai de mansinho por entre a folhagem das copas. 

Essa água irá penetrar devagar na terra e alimentar as águas dos lençóis freáticos. Na beira dos rios, para protegê-los, são as chamadas matas ciliares (o nome refere-se aos cílios, que protegem os nossos olhos), que ficam nas margens dos rios; sem elas a vida do rio corre perigo, essas matas afofam o solo da beira dos rios, funcionando como uma esponja, alimentando os lençóis de água que por sua vez alimenta o rio através de suas nascentes, suas raízes evitam a erosão, pois retêm as partículas do solo (terra) e outros materiais que iriam parar nos leitos dos rios, diminuindo o oxigênio da água e os alimentos dos peixes. 

Ao plantarmos uma árvore, estaremos efetuando o "Seqüestro de Carbono", sendo as árvores o cativeiro do Co2, pois para a árvore se desenvolver ela necessita do Co2, o qual ela seqüestra do ar no processo de fotossíntese e ainda libera oxigênio puro; a árvore passa a ser o cativeiro, se for cortada ou queimada o Co2 será novamente liberado desse cativeiro.

Precisam ser plantadas muitas árvores nativas frutíferas, pois elas têm um papel importante na alimentação de aves, insetos e morcegos que são agentes de polinização das flores e de dispersão das sementes de outras árvores nativas, ajudando a propagar as espécies vegetais num raio de muitos quilômetros e ainda serve de moradia para vários animais. 
 

http://www.ecolnews.com.br/agua/porque_plantar_uma_arvore.htm