FERNANDO PRESTES 2001-2017
Vicentinos de Fernando Prestes promovem evento para angariar fundos

Publicado em 10/01/2018 as 8h20

Vicentinos Fernando Prestes

Apesar de ser uma sociedade de leigos ligada a Igreja Católica, os “vicentinos” atendem indistintamente os necessitados sem se pautar em credo, etnia, classe social e faixa etária.

 

A Sociedade São Vicente de Paulo de Fernando Prestes estará realizando em 04/02 um Show de Prêmios para angariar fundos para ações de filantropia que desenvolvem na cidade. Mesmo sendo em apenas nove pessoas o grupo assiste mensalmente 18 famílias com gêneros alimentícios.

 

O Show de Prêmios será no Salão Paroquial “Pe. João Biagioni” no dia 04/02 com início as 14h, quando serão sorteados diversos brindes que foram gentilmente cedidos pelo comércio local.

 

Sociedade completa 30 anos em FP

No próximo dia 20/06 a Sociedade São Vicente de Paulo estará completando 30 anos de existência em Fernando Prestes. Dos atuais membros, João Aparecido Contrera é o único remanescente da época de fundação. Os demais componentes são: Gislene e Carlinhos Novelini, Sonia e Bica Pecorari, Elza Trovó, Conceição Pereira e, Nestor e Josiane Bordignon (aspirantes). Hoje os Vicentinos atendem mensalmente 18 famílias com cestas básicas de alimentos.

 

Segundo Gislene Novelini, a Táta, frequentemente a Assistência Social do município, que também distribui cestas básicas à pessoas carentes, é contatada para que a mesma família não receba o benefício em duplicidade e uma outra fique sem os suprimentos.

 

A sociedade aqui em Fernando Prestes chegou a possuir uma área urbana onde estava sendo construído um asilo. No entanto a partir do novo milênio uma nova legislação entrou em vigor no Brasil e a conclusão do “asilo” tornou-se inviável e o local foi cedido a municipalidade que construiu o Centro de Convivência do Idoso “Alcides Lavrini”.

 

Saiba um pouco mais sobre a SSVP no mundo

Há 181 anos, em Paris - França Ozanam e amigos fundavam a  Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), isso só foi possível graças a um gesto de solidariedade praticado por Antônio Frederico Ozanam e seus amigos há 181 anos. Em 23 de abril de 1833, os jovens levaram à casa de um homem pobre um pouco de lenha para que acendesse o fogo e preparasse uma sopa de batatas. Esta foi a primeira visita praticada.

 

Naquela época, os amigos se uniram para a fundação das Conferências de Caridade, denominadas atualmente de Conferências Vicentinas, ao serem questionados por vários outros jovens sobre a efetividade da fé católica. A ação de caridade inspirou e continua a inspirar homens, mulheres, jovens e crianças em todo o mundo.

 

Os vicentinos fazem da SSVP, uma das instituições mais respeitadas. O Papa Gregório XVI aprovou o Estatuto da Sociedade de São Vicente de Paulo com dois breves: o de 10/01/1845 e o de 12/08/1845. E concedeu, ainda, as devidas indulgências próprias com “uma associação de natureza eclesial, mas com caráter leigo, a serviço da Igreja e da Sociedade” (Vicentiens aujourd´hi ― Animation Vicentienne, n. 79/80, p. 48; e Roezniki Wincentynskie, n. 1/2003, p. 118).O atual Papa Francisco também foi um entusiasta desse movimento quando trabalhou ao lado de confrades e consocias nas periferias argentinas.

 

Ao criar a primeira conferência, na França, Ozanam mostrou a importância da caridade na vida das pessoas que vivem à margem da sociedade. Prova disso é que os vicentinos estão atualmente em 148 países, com mais ou menos 750.000 membros, fazendo visitas semanais às famílias pobres e oferecendo ajuda tanto material como espiritual, que é o efetivo objetivo da SSVP, ou seja, evangelizar. O Brasil é hoje o país que tem mais vicentinos no mundo: são 250.000 homens, mulheres, jovens e crianças. Existem também abrigos e asilos para idosas e idosos em todo o Brasil. 

 

Texto de apoio: www.wikipedia.org