FERNANDO PRESTES 2001-2018
Vereador Mariel pede concessão de linhas de ônibus intermunicipais à Artesp

Publicado em 01/10/2018 as 6h40

Mariel.jpg

O vereador Mariel da Rocha durante exposição de seu  requerimento na tribuna da câmara

O vereador Mariel Sebastião da Rocha da, apresentou na sessão ordinária da Câmara Municipal de Fernando Prestes de 13/08 um requerimento endereçado ao diretor da Agência de Transportes do Estado de São Paulo – Artesp pedindo a inclusão na pauta daquela autarquia estadual a concessão de linhas regulares de ônibus intermunicipais. Medida que visa  proporcionar transporte público coletivo à população do município de Fernando Prestes que necessita se locomover para outros centros urbanos, tendo em vista que a cidade esta totalmente desprovida desse serviço.
 

O município de Fernando Prestes, exceto uma lotação que vai uma vez ao dia à Monte Alto não dispõe de nenhum transporte coletivo público. Isso limita e muito a locomoção da população que usa outras cidades para realização de atividades, como saúde, judicial, trabalho e comércio.
Segundo Mariel, se  tomarmos nosso município como ponto de referência (21° 152 503 S, 48° 412 63 W) estamos a 100 quilômetros de importantes centros regionais como Ribeirão Preto, Araraquara, Barretos, São José do Rio Preto e Bauru (150 km) e, a 50 quilômetros de Catanduva, Taquaritinga, Bebedouro e Itápolis. Temos uma importante rodovia, a SP 310 (Washington Luís) que corta nosso município e nem assim temos linhas de regulares de transporte coletivo com ligação intermunicipal.

 

Justificativa
Na  justificativa do requerimento o vereador fala, que a necessidade de criação de linhas regulares de transporte coletivos é clara em pelo menos duas situações:
“1 - Catanduva – Neste centro a 50 quilômetros está baseado todo o atendimento de nossa Saúde (SUS) que está vinculada à Regional de São José do Rio Preto e Catanduva é nosso centro de referência ambulatorial e hospitalar. No entanto não temos meios de ir e vir, exceto os casos que demandam mais cuidados e de emergência, que os atendimentos por razões técnicas não são efetuados na UBS local, os usuários são encaminhados de ambulância e veículos de transporte de pacientes para aquela cidade.
2 - Taquaritinga – Pertencemos à Comarca de Taquaritinga e é comum ver pessoas de todas as idades esperando carona na saída, muitas vezes desesperados para cumprirem horários estipulados para audiências judiciais. Naquela cidade também está sediado nosso INSS, Cartório de Registro de Imóveis, Caixa Econômica Federal, etc..”

 

Mariel finaliza a matéria, que foi aprovada por unanimidade por todos os vereadores, que a nordeste,  a 25 quilômetros está situado Monte Alto, que também não existe linha regular de transporte coletivo, para onde muitas pessoas se dirigem em busca de trabalho e comércio.
O requerimento do vereador Mariel foi encaminhado pela Mesa Diretora à Artesp e aguarda um retorno do órgão estadual.